quinta-feira, 5 de maio de 2011

7.ª Actividade - Pirim Lim pim pim, histórias com princípio, meio e fim...

Fomos à sala dos meninos da Pré ouvir a história "A lagarta comilona". Aprendemos uma palavra muito difícil, metamorfose, com esta história. Aprendemos como o bicho da seda passa a borboleta. Também fizemos um desenho.









Pesquisa na Internet



NOME COMUM: Bicho-da-seda



ALIMENTAÇÃO: O bicho-da-seda alimenta-se exclusivamente de folhas de Amoreira ao longo de toda a sua fase de vida larvar.


DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA: O bicho-da-seda é identificado como de origem Japonesa, Chinesa, Europeia ou Indiana.


O bicho-da-seda é a larva de uma espécie de mariposa (Bombyx mori) usada na produção de fios de seda. Este insecto é proveniente do Norte da China mas encontra-se actualmente distribuído por todo o mundo.




O bicho-da-seda quando nasce tem apenas cerca de 2,5 mm de comprimento. Durante 42 dias ele sofre quatro transformações (metamorfoses) - ovos, lagartas, casulo e borboleta - e tem seu peso original aumentado em 10.000 vezes.
O bicho-da-seda procura um cantinho tranquilo e começa a tecer seu casulo. O casulo branco-amarelado brilhante é feito de um único fio com muitos metros de comprimento. O bicho-da-seda fia a seda ao redor do seu corpo desenvolvendo movimentos geométricos em formato de oito, até que todo o seu líquido seja usado. Depois de 3 dias de fiação atingindo entre 700 e 1,200 mil metros de fio, o casulo está completo. A lagarta transforma-se em mariposa em aproximadamente 10 a 12 dias, e o ciclo de vida termina com o rompimento do casulo e quebra do longo fio de seda em muitos fios curtos.



Ciclo de vida
Ovo: 10-14 dias ; Larva: 27 dias

Sem comentários:

Enviar um comentário